Lutterbach - Fotografia Autoral

É muito difícil exprimir a vocês a que nível nos envolvemos com nossos casais. E, sinceramente esperamos que as fotos consigam dar uma leve noção disso, porque no final é por elas que nos encontramos à princípio.

Isadora e Daniel (e sempre que vocês lerem o nome dele, saibam que o certo é dizer Dênielll) são intensos, verdadeiros, lindos, amáveis e não tem medo de se jogar e viver da forma como acham que devem. São gentis, adoram um abraço apertado, e arrisco e dizer, ambos feministas na raiz da palavra. Enfim, nosso tipo de casal, rs.

Tanta coisa a contar desse casamento! Acho que dava pra escrever um livro que vai do romance à aventura, mas escolhi uma parte que tocou demais meu coração. Explico! Tenho 17 anos de casada com o Fernando Lutterbach e me lembro bem dessas promessas e ilusões de início de relacionamento... Então, quando ouvi os votos da Isadora, me impressionou a maturidade e verdade inserida neles. Só pude pensar: "estão preparados, eles já sabem".

Leiam:

"Logo quando começamos a namorar, eu, no auge da imaturidade dos meus dezenoves anos, tinha certeza que encontrara o príncipe encantado. Em um dia qualquer, confessei não saber o que faria da minha vida sem você. E a sua resposta foi um verdadeiro banho de água fria. Você disse: “como assim não sabe? Tem que saber, uai, e se não sabe, acho bom descobrir, porque se o nosso namoro não der certo é claro que seremos felizes sozinhos ou com outras pessoas.” E é verdade. 

 

Por esse e outros momentos, penso que seria contraditório a tudo o que acreditamos eu chegar aqui hoje e prometer te amar incondicionalmente ou dizer que você é perfeito e que a nossa relação me completa. Não pensamos assim, pois a vida real não é assim e nós sabemos disso. 

 

Acredito que o nosso amor seja fruto de uma escolha. 

 

Por isso Daniel, eu hoje te escolho, não porque te amo incondicionalmente, mas sim porque conheço as condições do nosso amor e as aceito com todo o meu coração. Eu hoje te escolho, não porque você é um homem perfeito, mas sim porque eu conheço as suas imperfeições e sei que elas não definem quem você é, assim como sei da sua vontade e capacidade de ser melhor sempre. Eu hoje te escolho, não porque você me completa, mas sim porque você conhece e respeita a minha completude ao mesmo tempo em que me ajuda a ser melhor no que eu preciso. Eu te escolho porque apesar do mundo nos cobrar um relacionamento perfeito e irreal, nós conseguimos e optamos por ter um amor de verdade, com todas as suas belezas e dificuldades.

 

Eu prometo ouvir mais e ser menos tensa. Eu prometo respeitar o seu espaço, a sua liberdade e a sua individualidade. Eu prometo tentar equilibrar a minha intensidade com a sua leveza. Eu te prometo um colo nos momentos difíceis e um brinde especial a cada vitória. Eu não posso te prometer que ficaremos juntos para sempre, pois o futuro é incerto, mas tenha certeza que farei tudo o que estiver ao meu alcance para continuar sendo a sua escolha por todos os dias, até o final de nossas vidas. 

 

Obrigada por ser meu abigo, parceiro, companheirinho de todas as horas, amante e marido. Obrigada por me escolher também. 

 

Eu te amo."

 

FOTOS FERNANDO LUTTERBACH | todos os direitos reservados

FOTÓGRAFOS CONVIDADOS | Bruna Cabral e Bruno Hannelt

ASSISTÊNCIA | Carol Godoi

LOCAL | Casa Pampulha, Belo Horizonte

CERIMONIAL | Bendito

CABELO E MAKE | LM Studio

LOCAL MAKING OF | Fasano

VESTIDO | Leticia Bronstein

BRINCOS | Cláudia Arbex

ACESSÓRIO CABEÇA | Tula Casqueteria

JOIAS | Tiffany and Co.

SAPATO | Miu Miu

ALIANÇAS | H Stern

TERNO E SAPATOS | Ricardo Almeida

DECORAÇÃO E BUQUÊ | Florescer

BUFFET E DOCES | Bravo Cattering

BOLO | Les Juliettes

DJS | Valber e Vinicius Amaral

MÚSICOS CERIMÔNIA | Kadu Vianna

SAX FESTA | Ryan Sax

IDENTIDADE VISUAL E CONVIDE | Bolacha Doce

VÍDEO | Olga Filmes

CARRO | Mercedes GLK 300

 

* Esse casamento foi publicado no Zankyou. Clica aqui para ler mais sobre a história dos dois.

 

Junebug Weddings - The world's best wedding professionals and wedding planning ideas