Lutterbach - Fotografia Autoral

Quando optar por um mini wedding

14 de Agosto de 2020

Noivas e noivos, neste momento em que vivemos a pandemia do novo coronavírus, o tema dos casamentos pequenos se tornou realmente necessário. Mas, juro a vocês, escrevemos esse texto bem antes dessa época. Então tudo que falamos neste episódio do DE BEM COM A FOTO com certeza é atemporal e pode ajudar a vocês decidirem, em qualquer época.

O episódio está no ar no nosso canal do Youtube: clique aqui para assistir!

Vou contar um segredo: o participante especial desse episódio, nosso querido Fernando Lutterbach, não tem muito costume de ficar em frente às câmeras, e por isso, o play é ainda mais importante!

Caso prefiram ler aqui as dicas, a gente transcreveu tudinho a seguir!

Confira:

AU: Hoje o tema é praqueles casais menos tradicionais, que gostam de levar a vida com autenticidade e adoram intimidade e personalização. Uma tendência inegável: o mini wedding. Cola com a gente!

 

AU: Olá, pessoal! Tudo bem? Eu chamei hoje aqui, especialmente para falar desse tema, o meu grande amigo Fernando Lutterbach. Beleza, cara?

 

FL: Tudo bem demais! E você, André?

 

AU: Tudo ótimo! E, hoje nós queremos falar com você que está aí em dúvida se fazer um mini wedding é realmente uma boa opção e se a fotografia ficaria em segundo plano nesses eventos menores.

 

FL: Já posso dar spoiler que NÃO, né? O mini wedding é ótimo para aqueles que gostam de aproveitar cada segundo, cada convidado e quem quer vivenciar o dia com calma, com bastante presença. Esses casamentos não precisam ser mais curtos que os outros, eles são apenas diferentes.

 

AU: Mas, por serem menores, esses casamentos podem ser em locais mais diferentões, como um museu, uma cafeteria, a casa dos pais, o sítio dos avós, um restaurante ou qualquer local que tenha a ver com a personalidade do casal. E isso pode ser bem significativo e rico em história para que nós, fotógrafos, possamos explorar.

 

FL: É importante deixar claro que os mini-weddings podem ter até 100 convidados, no máximo. Agora, se você tem entre 10 e 50 pessoas apenas, aí já consideramos como um MICRO WEDDING, ou casamento íntimo.

 

AU: Tanto eu quanto o Fernando preferimos sempre a luz natural. Então, apesar de não ter nenhuma restrição quanto ao estilo (que pode ser campestre, pode ser na praia, boho ou industrial, descolado ou clássico, isso não importa), sugerimos que vocês pensem em um horário do dia ou da tarde para os casamentos pequenos, porque assim vocês aproveitam bem o cenário e o ambiente.

 

FL: Se você pensa que é importante ter um ambiente acolhedor, um espaço em que todos os convidados fiquem bem acomodados, então esse estilo de casamento compacto é o ideal. Assim as pessoas podem conversar ou fazer um almoço com calma, e eu adoro fotografar isso.

 

AU: Você pode ter mais condições de investir na qualidade dos detalhes do casamento, já que vai ter mais tempo, menos coisas pra resolver e, em alguns casos, mais orçamento disponível do que quem vai fazer um casamentão.

 

FL: No mini-wedding o protocolo pode ficar mais de lado e aquelas obrigações dos grandes eventos também. Então, é aí que entra o tempo de sobra pra ter experiências mais significativas, e assim, fotos mais emocionantes.

 

AU: Só que…Ter menos pessoas não significa menos trabalho para o fotógrafo. A responsabilidade do dia ainda é pesada e a atenção com todos os convidados ainda maior, porque todos que estão ali são realmente importantes e essenciais. O que pode ser combinado é uma equipe de fotografia mais reduzida. Aí sim, o pacote oferecido pode até variar o valor.

 

FL: O produto final, em termos de fotografia, também é o mesmo. É importante investir em fotos impressas tanto quanto num casamento grande. Talvez, você pode ter um álbum com menos páginas, mas a qualidade dele pode ser até maior. Se você está personalizando tudo com mais carinho ainda, pode fazer o mesmo com as suas fotos no final!

 

AU: Um outro ponto importante pra considerar é que o seu fotógrafo, como não vai ter tantos protocolos e fotos ali de grupinhos, vai ter mais tempo e energia praquelas fotos mais artísticas e espontâneas.

FL: É isso meus amigos, a gente curte muito o mini-wedding. Pode chamar a gente, né, André?

AU: Claro, espero vocês. Abração

FL: Abraço!!

 

Rodrigo e Gabriela (que é professora de yoga, muito amor por essa profissão) quando estavam esperando Ana Lívia.

As fotos no apartamento do casal, e no novo quartinho da bebê, ficaram tão especiais, quanto as do jardim da casa dos avós, que moram pertinho deles. Então é a combinação perfeita de fotos significativas, com memória dos locais e também com cenário super lindo, com luz natural bem abundante, nas duas locações!

E, não posso deixar de comentar como a gente adora quando os pets (nesse caso dois bem diferentes) participam das fotos! Alguns são meio ariscos, mas a gente acaba conseguindo bons momentos deles.

<3

FOTOS | FERNANDO LUTTERBACH

PRODUÇÃO E ASSISTÊNCIA | CAROL GODOI

Nova temporada, novo cenário e novos temas quinzenais para vocês noivos e noivas!
O De Bem com a Foto reestreia com um tema que sempre influencia no resultado do trabalho de todos os fornecedores num casamento: a TRANQUILIDADE.
Então... quais são as NOSSAS dicas para se ter um CASAMENTO SEM STRESS?

Clique aqui para ver o programa no Youtube.

Mas se você quer ler nosso conteúdo, eu já deixo transcrito tudinho para você aqui:

AU: Olá, pessoal! Já estava com saudade de vocês! A gente tá de volta com o nosso projeto do coração, o De Bem com a Foto.

CG: Oi, queridos e queridas! Teremos 13 episódios diferentes nessa temporada, então, fiquem ligados!

Já começando nosso primeiro tema, eu adoro ver casais super organizados, que planejam com cuidado cada detalhe do casamento e preparam tudo com a antecedência e o carinho que o evento pede. E você, Usagi?

AU: Eu também valorizo demais! E, no programa de hoje a gente quer dar mais uma ajudinha pra vocês terem momentos tranquilos e bem aproveitados no casamento como um todo.

CG: Pra começar eu quero só dar um toque: olha, imprevistos sempre acontecem. Situações inesperadas ocorrem em todos os casamentos e elas podem ser positivas ou negativas, dependendo de como você lida com a situação. Então, primeiro de tudo, saiba que é essa a beleza da vida. Surpresas fazem parte... E nós, como contadores de histórias em imagem, adoramos explorar as belezas únicas dentro da realidade do seu momento. Leveza é a palavra de ordem por aqui.

 

AU: Respirar fundo também é bom. Sei que é bem básico, mas nem sempre as pessoas se lembram da importância disso.. Aliviar a tensão é essencial pra aproveitar a cerimônia, sem “ficar travado igual uma estátua”. Não deixem de se curtir muito, se abracem, troquem ali olhares e sorrisos durante a cerimônia. Tem que se soltar mesmo! Isso faz toda a diferença para os que estão assistindo, e claro, para as imagens que a gente vai captar! Sem contar que casais que ficam relaxados na cerimônia se lembram muito mais do que aconteceu. Se ficar tenso, não vai absorver nada.

 

CG: Se alimente bem no dia anterior, não cometa muitos exageros e faça algo que te tranquilize algumas horas antes do início do casamento. Aqui eu queria te sugerir que faça uma playlist com as músicas que mais te inspiram porque isso ajuda no astral do início do seu dia e o making of fica ainda mais animado.

 

AU: Alguns casais ficam tensos logo após a cerimônia porque não querem deixar os padrinhos e familiares esperando para as fotos, mas que tal pensar que esse momento também faz parte da festa? Peça aquelas bebidinhas especiais pros mais chegados ficarem bem relax durante as fotos protocolares e fiquem concentrados em seguir o que a sua assessora e seu fotógrafo estão pedindo. Não fiquem preocupados em agilizar essa parte, porque essas imagens são super importantes! Vamos fazer bem rápido, mas sem passar por cima da qualidade, né?

 

CG: E, durante a festa é importante se alimentar bem, beber água entre um drink e outro. E, separar alguns momentos para que vocês fiquem juntos de verdade. Afinal, dar tanta atenção aos amigos, pode impedir que vocês tenham momentos só pra vocês dois, além da primeira dança! Mais para o final da festa, que tal, sentarem juntos e jantarem com calma, aproveitando do buffet maravilhoso que vocês escolheram com tanto carinho?

 

AU: Se vocês são fãs de uma pista bombando, tem que aproveitar também. O casal é em grande parte responsável pela animação da boate do casamento e a gente curte demais fazer imagens divertidas, bem alto astral desses momentos. É legal também dar uma voltinha pela festa, pra fazer fotos mais espontâneas com os convidados que não vão ficar ali na pista. São vocês que vão dosar o que é mais importante pra vocês vivenciarem nesse dia!

 

CG: Nesse dia todo é importante ter alguém de confiança, que você pode delegar algumas tarefas, ou alguém que vai te acalmar e te guiar em algumas decisões. Escolha uma pessoa pró-ativa, mas que seja sensata e não te desespere ao invés de te ajudar. Convidados que ficam botando pilha ao invés de relaxar os noivos não dá, né?

 

AU: E não podíamos deixar de falar nesse momento tão difícil que estamos vivendo, Carol. Estamos aqui gravando o De Bem com a Foto em 2020, um ano em que as pessoas se voltaram pro que realmente importa. É como se fosse um choque de realidade. E isso impacta nas decisões do casamento, né?

 

CG: É… com ou sem pandemia, fica a lição de focar no que realmente importa. Essa privação nos fez perceber que a gente dava muita importância para coisas pequenas. Pense sempre que acima de tudo o que vocês mais precisam é da família unida, os amigos e o amor, simbolizando esse novo e tão importante passo que vocês dois estão dando.

 

AU: É isso aí, pessoal! Contem pra gente aqui nos comentários o que mais te ajudou no dia do seu casamento e se você tem outras dicas para um casamento relax, sem estresse. É assim: casamento tranquilo, meio caminho andado pra imagens incríveis. Até mais!

CG: Isso! Conta pra gente. Tchau,  um beijo pra vocês!.

.
Apresentação: @andreusagi e @acarolgodoi
Conteúdo: @andreusagi@acarolgodoi@fernandolutterbach
Design: @andreusagi
Vinheta: @alineusagi
Direção de fotografia, edição, animação e locação: @amendafilms
Produção de arte: @acarolgodoi
Beleza: @makeup_gabiferron
 

Styling/figurino: @cgodoi

Nossa história com este casal é longa, mas, foi um dos poucos alívios que tivemos neste difícil ano de 2020, em que já estamos computando 124 dias sem casamentos.

Raquel nos procurou para fazer a cobertura fotográfica do casamento dela em 2019, mas já não tínhamos a data que ela queria. Seria em setembro de 2020, e esse mês ficou lotado com muita rapidez. E, então, nos sentimos super honrados quando ela nos disse que iria contratar o ensaio pré-wedding para ter uma parte da história com nosso olhar, já que não poderia ter tudo. Achei muito lindo esse carinho!

Bom, aí o ano começou, e as chuvas não permitiam nunca nosso ensaio, até que veio a pandemia. Foi um marca-desmarca danado. Até então tínhamos um plano de fazer o ensaio em Ouro Preto. E o casamento dela em setembro seguia firme, e todos com esperança.

Até que essa esperança se foi, mas a Raquel decidiu transformar o não num presente possível. Adiou a festa para 2021, mas decidiu se casar, apenas com a presença dos pais e irmãos. Fazer isso, com todos estando isolados por três meses, foi mais emocionante e feliz do que todos previam.

Nunca imaginamos fotografar uma igreja vazia, mas isso aconteceu. E o amor foi o mesmo!

Depois da cerimônia, fizemos uns retratos no jardim do prédio da família e registramos uma surpresa da noiva para o noivo. Vejam nas fotos, que coisa mais singela e romântica...

E, finalmente, lembrem-se: continuem registrando a história de vocês! 

Seja ela como for, ela é única, é a sua história, a sua vida. E vai ser sempre significativa.

FOTOS | FERNANDO LUTTERBACH

LOOK NOIVA | ZITA OFICIAL

FLOR CABELO | LEILA PERLY

CERIMONIAL | ANDREIA GRAAL

LOCAL | PAROQUIA N. SRA. MEDIANEIRA

O cenário da natureza e a vista da Lagoa da Pampulha, foi a escolha como cernário para o casamento da Gabi e do William, pessoas que se tornaram muito queridas e admiradas por nós.

O dia, super iluminado e agradável ainda está na minha memória, como um dos mais emocionantes que já fotografamos. A começar com o making of da noiva, feito no mesmo local da cerimônia, com calma e tranquilidade, permitindo que fizéssemos retratos lindos na lateral, pouco explorada da Casa Pampulha.

O ponto alto para mim, foi minutos após, quando o noivo chegou e nos informou que gostaria de falar umas palavras à sós para a noiva. E, conseguimos uma maneira de que eles se escutassem, se dessem as mãos e pudessem deixar o coração bater forte antes de entrar no altar.

A cerimônia aconteceu no horário ideal, e foi maravilhoso ver como os dois se soltaram e aproveitaram com todo sentimento do mundo, cada instante.

Eu e toda equipe agradecemos cada palavra de carinho, cada momento de produção desse casamento, em que participamos super de pertinho (adoramos quando as noivas nos incluem nas decisões mais impactantes).

Vejam as fotos e me digam se a alegria não está em cada foto que fizemos?

Fotos: Fernando Lutterbach | Bernardo Machado | Bruno Hannelt

Assistência: Carol Godoi

Local: Casa Pampulha

Vídeo: Ecoar Filmes | Vestido: Tete Rezende | Maquiagem e Cabelo: Mariela Makeup | Acessórios: Andrezza Medina Tiaras e Complementos | Sapato da noiva: Schutz | Alianças: Argentum Joias | Terno do Noivo: Oscar Menswear | Sapato do noivo: Oscar Menswear |  Gravata do noivo: Oscar Menswear | Decoração: Inflore Cris Balbi | Bouquet: Inflore Cris Balbi | Bolo: Monica Jacinto | Doces: Monica Jacinto | Bem casados: Marlene Doces Finos | Banda/Dj: ABR Som e Bruno Cantor | Convites: Atelier do convite | Traje damas/Pajens: Princess Damas e Pajens | Música da cerimônia: Minueto Música | Cerimonialista: Mais Amor Produtora de Eventos | Chinelos de lembrança: Sandallê

Este casamento foi publicado no Portal Zankyou. Leia aqui a reportagem.

Junebug Weddings - The world's best wedding professionals and wedding planning ideas