Lutterbach - Fotografia Autoral

Essas fotos foram o resultado da nossa visão, enquanto fazíamos a parte prática da mentoria individualizada para a MEGA QUERIDA fotógrafa Ra Nicácio.

A Mariana e o Pedro são amigos da Ra, e estavam na ocasião realmente na época do noivado, e foram super abertos, prestativos e toparam ser fotografados por dois ao mesmo tempo, enquanto ainda ouviam os ensinamentos do Lutterbach durante a sessão. Gratidão por vocês dois, lindos!

Essa postagem é para incentivar aos casais a se aventurarem por locais em que é necessário uma boa caminhadinha numa estrada de terra, a buscarem ambientes pouco explorados e se conectarem com a luz do sol, a terra e a vegetação maravilhosa que temos por aqui em nossas redondezas. 

A Serra da Calçada é esplendorosa, mas lá não tem muitas árvores e sombras, portanto, é preciso ir no horário certo e ter os looks para calor e para o frio também. O sol se vai e a temperatura cai muito! O mais legal é que em cada época do ano, as cores predominantes mudam um pouco, a luz se altera, o céu, a flora, e nunca fazemos um ensaio igual ao outro. É... como os dias sempre são diferentes, e por isso únicos, especiais e dignos de se registrar.

FOTOS | FERNANDO LUTTERBACH

PRODUÇÃO | CAROL GODOI E RAYANI NICÁCIO

Vocês já viram nosso episódio do De Bem com a Foto que está no Youtube essa semana?

Clique aqui para assistir

 

Aqui embaixo vai o tema descritinho para vocês que preferem ler por aqui:

Confiram como escolher as fotos do álbum de gestante e família.

 

CG: Oi meus amiiigos!! Hoje estamos aqui pra falar sobre como escolher as fotos do seu álbum de gestante ou de família.

AU: Fazer um álbum desses momentos importantes é uma forma de eternizar a sua memória e a memória da sua família.

CG: Fica com a gente aqui no De Bem com a Foto!

 

AU: É bom que as fotos de família sejam organizadas e impressas. Assim elas vão sobreviver ao tempo. Você, seus filhos, seus netos... vão usar essas fotos pra entender seu passado e entender também a sua história. Escolha essas fotos pensando na qualidade e não na quantidade. É bom evitar fotos ou momentos muito parecidos entre si.

 

CG: Quando vou diagramar um álbum, penso sempre na harmonia das cores e da luz. Então, em cada lâmina, ou seja, duas páginas, eu costumo agrupar as imagens que conversam entre si. Tente pensar um pouco nisso ao escolher. Vai deixar seu álbum com continuidade e com semelhança visual.

 

AU: As fotos mais relevantes eu gosto de destacar, deixando maiores e mais evidentes nas páginas. Mas se você escolher fotos demais de um mesmo momento, a tendência é ficar... poluído, sem clareza. Fica difícil absorver o conteúdo das imagens quando você tem um excesso de informação na lâmina. Lembrem-se que menos é mais.

 

CG: Assim como nós falamos lá atrás no vídeo sobre os álbuns de casamento, é importante equilibrar nos álbuns de família a quantidade de fotos das pessoas que estavam participando da sessão. Vou explicar: se tiver muito mais fotos de um lado da família do que do outro, pode rolar um ciuminho, hein... É legal ter um número parecido de momentos de um lado e do outro.

 

AU: Bom, pra contextualizar, coloca aí na sua lista: detalhes do cenário, retratos das pessoas, fotos de momentos que vocês tiveram, fotos mais espontâneas e aquelas mais artísticas também. Assim, nós que ficamos encarregados de transformar isso tudo em um álbum, vamos ter muito material pra trabalhar. A beleza do álbum está muitas vezes no ritmo de leitura, e não necessariamente em uma foto específica. É nosso papel deixar que as fotos funcionem em sequência, porque assim, quem estiver folheando o álbum sente pouquinho da sessão, de uma forma visual e também cronológica.

 

CG: Se você tem seu álbum pra fazer, mas ainda não teve tempo, eu tenho uma sugestão. Primeiro você traça uma meta real, que caiba no seu dia a dia, pra organizar esses momentos mais importantes sem muito critério, com mais fotos. É só criar uma pasta no computador e ir jogando essas fotos lá dentro. No próximo dia você faz como um funil: vai melhorando a seleção até chegar no número de fotos que seu álbum acomoda.  Pronto! Fazer um pouco de cada vez é melhor que não fazer nada, não é mesmo?

 

AU: Sobre a capa, geralmente os fotógrafos fazem uma sugestão do design que combina com a sessão de fotos que ele fez. Vale a pena trocar uma ideia com ele caso você ou sua família tenham alguma informação que ajude a dar um norte para o design da capa, do estojo, e assim por diante. Nos álbuns de família eu costumo aproveitar uma referência visual do lugar, da decoração ou pelo menos uma parte dela pra fazer a “arte” do álbum.

 

CG: Eu faço projetos artesanais e personalizados, então as informações de fotos de detalhes, as cores, objetos e o visual do cenário me dão elementos pra pensar numa gravação, num bordado ou numa mistura de materiais. Então, pensem em adicionar fotos com essas informações, ok?

 

AU: Então é isso, pessoal! Ficamos por aqui com essas dicas de álbuns de gestantes e família pra que vocês não deixem de dar a devida importância pra a memória afetiva de vocês. Se tiverem qualquer dúvida ou sugestão de tema pra gente apresentar aqui, já sabem: só falar comigo ou com a Carol. Até mais!

CG: Tchau Tchau!

 

Por que fazer making of do noivo

18 de Setembro de 2020

Mais um episódio do De Bem com a Foto já está em nosso canal do Youtube.

Quer assistir? Dessa vez, temos o Fernando Lutterbach apresentando, ao lado do nosso amigo André Usagi.

Clique aqui para ver!

E, já sabe, se prefere ler, já deixo aqui o roteiro abaixo para vocês, noivos, saberem tudo sobre o making of do noivo.

<3

 

AU: Se você é noivo e não sabe bem se deve ou não registrar o seu making of, fica aí que a gente vai tentar te esclarecer tudo!

Olá! Se você caiu aqui de pára-quedas, eu sou o André Usagi. E hoje temos um convidado super especial no De Bem com a Foto. O nosso amigo, o fotógrafo ninja-jedi, Fernando Lutterbach.

 

FL: E aí pessoal, tudo joia? Bom, a minha opinião é que todo momento único deve ser bem vivido e bem registrado. Mas, se existe a dúvida sobre fazer o making of do noivo é preciso saber que, primeiramente, esse será um momento de estar mais próximo da sua família ou um amigo mais chegado. Essa alegria da preparação para o casamento, não deve ser descartada!

 

AU: E não existe essa ideia de pensar que a noiva é mais importante e por isso deve ter mais fotos dela e deixar o noivo de lado. Não! A história é do casal, não é só da noiva. Então, pra que essa história seja bem contada, é legal a gente pensar nesse capítulo do seu dia. Pensa comigo: tudo vai fazer muito mais sentido.

 

FL: É o chamado storytelling, né? Assim… Geralmente, quando o noivo não quer fazer essas fotos é porque não sabe bem como serão esses momentos. Se o noivo souber que vai ser tranquilo e relax, com pessoas que ele gosta e do jeito que ele imaginar, talvez ele já comece a se animar.

 

AU: É bem por aí. Às vezes o noivo fica com medo porque “não sabe posar” ou “não sou muito bom com foto.” Tem que relaxar e curtir o momento. O lugar pro making of pode ser um hotel, uma barbearia com o estilo dele, um bar bem legal, na casa onde ele mora, e até mesmo o apartamento para onde o casal vai se mudar. Se o ambiente é tranquilo e bem iluminado, a sessão vai ficar super bacana. E tem um extra, se for perto ou no próprio lugar da cerimônia fica ainda mais seguro pro noivo, já que ele é um dos primeiros a chegar.

 

FL: E, apesar do nosso foco ser fotografar os detalhes do noivo e os momentos em que ele está se aprontando, os acontecimentos dessa espera pelo casamento são bem interessantes. Um brinde com os padrinhos também é legal, os retoques finais no visual e algum momento emocionante com os pais, irmãos ou um padrinho, por exemplo.

 

AU: Se você é noivo e ainda não se convenceu, segura essa: o making of do noivo não é tão longo quanto o da noiva e não vai tomar tanto o seu tempo no dia. Enquanto pedimos umas 3h para a noiva, o do noivo pode ser feito em 1h, 1h30 no máximo. A gente sempre tenta fazer com que seja bem leve, natural, pra que não seja um momento chato, só por obrigação.

 

FL: É preciso pensar que essas fotos serão para os seus filhos e netos poderem acompanhar a história ou qualquer pessoa querida que não foi no casamento. E eles podem sentir falta de ver como foi o dia do noivo antes dele entrar no altar. Combina muito termos um espelhamento no álbum, já que a noiva está se arrumando em um lugar e, ao mesmo tempo, o noivo vai estar se arrumando em outro.

 

AU: E, por fim, separa aí uns 15 minutos finais pra fazer os retratos, que de preferência devem ser feitos com calma, em algum ambiente com iluminação natural, pra ter um registro do noivo pronto e alinhado.

 

FL: Lembre-se também de deixar tudo separado para o fotógrafo que for acompanhar você, pra ganhar tempo: terno, sapato, cinto, lenço, gravata, seus votos, suspensórios... se for o caso; relógio, perfume… e assim por diante. O resto a gente combina lá na véspera!

 

AU: É isso, pessoal! Quero ver os noivos animados pra fazer esse momento e se dedicando a isso, hein! Sem fazer só porque “tem que fazer”. É importante querer de verdade. Senão, não faz sentido.

FL: Fechou!! Bate um papo com seu fotógrafo e anima, porque vale a pena! E por hoje é só!  Até a próxima, Valeu!

AU: Um abraço!

Fotos do Post por Bruno Hannelt e Fernando Lutterbach

Estamos de volta com mais um episódio do De Bem com a Foto. Se você ainda não viu esse tema, corre lá no nosso canal do Youtube para conferir nossa apresentação!

Clique aqui...

Ou então, leia o texto abaixo na íntegra se preferir:

:)

 

AU: Oi, pessoal!! Além da noiva e da maquiadora, não existe outra pessoa que tem mais interesse num making of de sucesso do que o fotógrafo! E é por isso que escolhemos esse tema hoje.

 

CG: Olá, meus amigos e amigas, tudo bom? Hoje nós vamos ajudar você a pensar em detalhes importantes do que você pode fazer durante o making of da noiva, que vai te garantir momentos muito gostosos, inesquecíveis e ainda por cima ajudar o seu fotógrafo.

 

AU: A gente agradece! rs E a primeira coisa importante a pensar é no tempo. Essa experiência ali na preparação precisa ser bem aproveitada. Eu já notei que as noivas ficam muito calmas no início, mas costumam aprontar na correria assim que terminam a maquiagem. Mas é nesse momento que vamos precisar que você, noiva, nos dedique um pouco do seu tempo. Eu gosto de me planejar umas 3 horas no total para o making of completo, dos acessórios até os retratos da noiva pronta.

 

CG: E, pra isso, o planejamento é essencial. Pense num lanche pra vocês e suas convidadas; seu drink preferido pra hora do brinde e aquela playlist que seja a sua cara, e que vai te acalmar nesse momento. Ou até te animar, se você já quer começar com astral lá em cima: a música ajuda a dar o tom!

 

AU: Lembre-se também que todos na cena estão sendo fotografados. Se puderem pensar nos tons das roupas ou planejar um robe ou roupão, fica ótimo! Nem precisa ser nada personalizado se você não quiser, o importante é ter harmonia nos tons e o seu estilo. E se você é profissional de beleza, lembre-se  que vocês TAMBÉM ficarão registrados pra sempre no álbum e que são pessoas importantes para ficarem mais alinhadas com esse momento na hora das fotos.

 

CG: Por falar nisso, eu sugiro uma maquiadora somente pra noiva e outra pras convidadas especiais que estarão no making of. Assim a experiência tem menos imprevistos, corre-corre e mais individualidade.

 

AU: Quanto a isso, eu sugiro pensar no número de pessoas. Mesmo que você queira todas as madrinhas por perto, seria interessante não ser durante making of inteiro. Planeje esse momento do encontro, do brinde e dessa troca, mas guarde algumas etapas pra curtir com mais privacidade, sozinha ou sem ter tanta gente ao redor. Assim, a ansiedade diminui.

 

CG: Agora, vamos falar dos seus detalhes que serão fotografados nesse momento: o seu convite e outros itens de identidade visual, perfume, alianças, anel de noivado, seus acessórios, sapatos, vestido e o véu, se você tiver. Muita gente se esquece de levar esses itens, então, separe tudo numa única caixa ou sacola, pra não esquecer nada e já entregar ao fotógrafo logo no início da sua preparação. Um lembrete importante é que as alianças fiquem com a noiva, caso você queira fotos delas nesse momento, e não tenha fotógrafo fazendo o making of do noivo.

 

AU: Se você for fazer os votos na cerimônia, que tal deixar somente uma parte final pra ser escrita nessa hora e nos avisar pra gente fotografar enquanto você faz isso? Leve um papel bem bonito, um envelope e uma caneta que você goste. Aí você aproveita pra revisar o que vai falar na cerimônia naquele momento lindão que são esses votos personalizados.


CG: E... uma dica essencial: o seu making of não acaba quando você termina de maquiar e arrumar o cabelo. O tempo pra se vestir e colocar os acessórios precisa ser maior que o usual, porque estaremos ali fotografando cada etapa. Precisamos que você tenha tempo suficiente, mais pro final do making of, para os retratos, antes de colocar o véu e assim registrar os detalhes do vestido. Afinal, você levou tanto tempo pra escolher tudo com tanto  cuidado e carinho... Vale a pena registrar cada detalhe. 

 

AU: Ah, e depois de colocar o véu, antes de você ir correndo pro seu casamento, gostamos de tirar pelo menos mais 15 minutos finais para fazer seus retratos pronta. Se já estiver com o buquê, bom demais. Se tivermos disponível um lugar com iluminação natural, espaço verde ou um cenário desse tipo ajuda muito, mas nada ajuda mais do que uma noiva calma e serena pra fazer esses retratos. Já avisa seu profissional de maquiagem e cabelo que a gente vai precisar desse tempinho extra.

CG: Um dos momentos mais bonitos logo após o fim dessa parte é quando seu pai (ou padastro, irmão ou a pessoa que vai te levar ao altar) te vê pronta, já vestida de noiva, pela primeira vez. Avise ao seu fotógrafo desse momento, pra que ele possa se preparar pra registrar isso da melhor forma possível, talvez te indicar o local com a melhor luz e composição... É um momento super emocionante, que pode ser planejado.

AU: É isso! Aproveite bem cada segundo porque a gente vai estar lá pra guardar esses momentos pras gerações que estão por vir.

CG: E você que já se casou, deixa aqui nos comentários se tiver mais dicas pra ajudar outras noivas! Vamos adorar saber a sua experiência também. Um beijo!

AU: Comenta lá! Tchau Tchau!

 

Além de amiga e parceira, a Gábi Ferron é uma cliente super querida. Já estamos acompanhando muitos dos momentos da família linda que ela tem.

Os ensaios sempre ficam diferenciados, inspirados - ela adora fotografia e valoriza cenários maravilhosos -  e isso nos estimula muito a registrar com nosso o estilo, todas as ocasiões importantes do crescimento e das conquistas que ela, Quinaud e Lara vivenciam.

Vale muito os cliques, que essa grávida é muito cheia de boas inspirações!!!

E que venha o Diogo para completar a felicidade por aqui.

<3

Fotos | Fernando Lutterbach

Assistência e produção | Carol Godoi

Make e gravidinha gata | Gabi Ferron

Looks | @thinkbh

Locação | casa de uma amiga querida

Junebug Weddings - The world's best wedding professionals and wedding planning ideas