Lutterbach - Fotografia Autoral

Um amor palpável de tão intenso. Foi isso que senti ao presenciar a cerimônia da Laurinha e do Celão.

A escolha por Tiradentes também não pode ser menosprezada. Acredito que há uma energia especial naquela terra, e tenho certeza de que a escolha de todos os detalhes e pessoas envolvidas nesse dia fizeram com que o registro do que aconteceu tenha algo de inexplicável.

A começar pela casa linda, totalmente alva, escolhida dentro da Pousada Villa Paolucci, apenas para a noiva e suas amigas e familiares mais próximos. Tínhamos um cenário de filme. E tivemos calma, tivemos tempo para criar junto com ela e todos os envolvidos. Chegamos um dia antes, quando a Laurinha pôde nos mostrar tudo que estava preparando para o grande dia. Retirou do armário o seu vestido com um brilho nos olhos:

__ Assinado pelo Valentino, por ele mesmo. 

Um silêncio pairou no ar. E fomos olhando a tiara, o sapato, o buquê e todos os detalhes envoltos numa moldura branca de lençóis, móveis antigos e a luz do dia nublado e branco. Nada ali excedia, tudo fazia sentido e podia ser absorvido por aqueles que ela escolheu dividir essas horas. Laura teve tempo de sorrir, dançar, chorar de tão nervosa, quis se apressar, depois quis fazer o tempo passar mais devagar. Cantou, pulou, dançou e beijou o noivo como se o mundo pudesse acabar ali.

E o Celão? Bem, a gente olha para ele, ele sorri e imediatamente se torna amigo. É fácil perceber que ele é querido, amado por muitos. É um carisma genuíno! Eu tive de me segurar para não chorar muito (um pouco eu sempre choro mesmo) quando ouvi o que ele escreveu para ela nos votos. E fiquei alegre quando percebi que ele não se segurou, se emocionou e comemorou verdadeiramente.

<3

Queridos, nós já nos falamos muito antes, durante e depois desse dia, pois nosso trabalho com vocês ainda continua (ainda bem) e nossa amizade. Mas deixo resgistrado que guardamos com carinho cada palavra de vocês, cada instante que vivenciamos.

Como isso:

 

"Nada teria sido tão incrível sem a presença de profissionais tão maravilhosos como vocês ao nosso lado! Vocês dois, a Carol e o Renato da Par e Júlia (MDGN) são pessoas queridas que guardarei pra sempre no coração e que fizeram toda a diferença no meu dia, no meu humor e no resultado. Obrigada por tudo!!!!

 

Mil beijos!!!!

p.s: continuo na saga de escolhas das fotos do álbum, a.k.a tortura chinesa! rs"

 

 

FOTOS | FERNANDO LUTTERBACH | ALL RIGHTS RESERVED

FOTÓGRAFA CONVIDADA | FLÁVIA VALSANI 

TEXTO E ASSITÊNCIA DE ILUMINAÇÃO | CAROL GODOI

LOCAL | POUSADA VILLA PAOLUCCI - TIRADENTES, MG

MAQUIAGEM E CABELO | GÁBI FERRON (MAKE ME UP)

ROBE | CORPO BONITO LINGERIE

ACESSÓRIOS | RUTHI MOURÃO E ACERVO DE FAMÍLIA

VESTIDO | VALENTINO

SAPATOS | CHARLOTTE OLYMPIA

TRAJE DO NOIVO | KLUS

BUQUÊ E DECORAÇÃO | MUSEU DE GRANDES NOVIDADES

BUFFET | BRAVO CATERING

BEM CASADOS | ANA CRISTINA (SP)

CERIMONIAL | OBA EVENTOS

VÍDEO | PAR FILMES

IDENTIDADE VISUAL | LETTER HAUS

 

 

Este casamento foi publicado no blog Berries and Love. Clique aqui para ver!

Esperando Sofia | Ensaio gestante

15 de Novembro de 2016

Gabriela e Flávio já estiveram aqui como namorados, noivos e agora como pais de primeira viagem. Imaginem nossa felicidade!

Esse casal lindo nos recebeu um pouquinho antes da hora (31 semanas de gestação). Sofia está apressadinha, doida para conhecer os pais, e ainda não sabemos se ela virá ao mundo umas semanas antes do planejado. Gabi está de repouso e essas fotos foram feitas bem calmamente, sem pressa e num clima de espera. Mas, vocês verão que ela não precisa fazer o mínimo esforço para fotografar, foi feita para as câmeras e estamos apostando que a filhota será igualzinha a ela.

Fomos até a casa deles e fomos tão carinhosamente recebidos por todos... Um destaque para o lindíssimo Zak, que só falta falar de tão ser humano que esse cachorrinho carinhoso se parece.

<3

Bom, queridos, esperamos que gostem dessa prévia feita com muito zelo para vocês. Aproveitamos para agradecer o trabalho primoroso da maquiagem e cabelo da Marcela Soares e a produção de moda de Marta Duque. Foi a primeira vez que nos reunimos num projeto e adoramos o resultado. ;)

FOTOS | FERNANDO LUTTERBACH

ASSISTÊNCIA | CAROL GODOI

Por um dia | Davi 12 anos

06 de Novembro de 2016

Então é este o fim da infância.

Quando, há poucos dias de completar 12 anos, Davi recebeu uma carta o obrigando a tirar seu CPF, a última ficha que restava cair em minha cabeça, caiu.

Temo este dia praticamente desde que ele nasceu. Quando ele era pequeno, perdi a conta de quantos pais de adolescentes me disseram com olhos tristes: "aproveite bem, essa é a melhor fase deles". Obviamente eu me desesperava porque, quem tem filho pequeno sabe, a gente sempre torce para melhorar. É angustiante ouvir essa frase quando se está sempre com tanto trabalho, tanta preocupação e tão pouco tempo para dormir! 

Fui entendendo a mensagem aos poucos. Eu percebia o que queriam dizer mas até hoje não sofri. Para quê temer o inevitável? E para quê sofrer pelo que não tem volta? Ter um filho é ter a personificação constante e mais verdadeira da impermanência da vida.

Bom, eu tive sorte de ter um filho carinhoso e que mantém uma certa inocência, carisma e bondade independentes do aniversário. Tenho sorte dos hormônios ainda não terem tomado conta das células irrepreensíveis dele, mas hoje, seis de novembro, me lembrei dele pequenino me fazendo uma pergunta engraçada depois de passar maus bocados com alguns meninos bem mais velhos do que ele:

"Mamãe, eu vou virar aborrecente?"

Eu nem me lembrava do que respondi, tive que parar de escrever esse texto para perguntar a ele o que eu disse ( muito difícil responder perguntas-chave dos filhos, né?)

"Você disse mamãe, que a escolha será minha".

 

{ Neste aniversário a nossa comemoração foi fazer fotos do cotidiano dele. Acho que ele está amadurecendo pois finalmente deixou o Fernando fazer isso. Vai virar álbum, claro!}

Um rio é um curso natural de água, usualmente de água doce, que flui no sentido de um oceano, um lago, um mar, ou um outro rio.

Quando convidamos este casal incrível para fazer as fotos deles entremeando um riacho que adoramos, nem tínhamos pensado nessa possível confluência de sentidos. Pode o amor ser definido como um rio?

Quem ama flui ao encontro do outro. Quem ama é compelido a seguir o curso natural do amor, ou fica estancado. Quem ama deságua. Quem ama se modifica. Quem ama atravessa trajetos naturalmente impossíveis. Quem ama age às vezes insistentemente como um fio de água para mudar algo. Quem ama, assim, de repente, vira cachoeira.

Rafaella e Bruno foram fotografados numa tarde deliciosa em Macacos, ao lado do animadíssimo (e super carinhoso) cachorrinho Boris, que vai ganhar em breve uma irmãzinha, a Valentina.

Queridos, ficamos honrados por vocês virem de São Paulo especialmente para essa sessão tão importante na história da sua família.  Foi uma honra! :)

Esperamos que gostem dessa pequena prévia do nosso ensaio fotográfico. Mal posso esperar para fazer o álbum de vocês. Vai ser lindo...

The Artist Guild of the Wedding Photojournalist Association WPS International Society of Professional Wedding Photographers